top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Lista de cidades do Sul de Minas: oito municípios com detecção de 27 agrotóxicos na água consumida


Foto: Andres Siimon/Unsplash


Oito municípios do Sul de Minas aparecem em uma lista de cidades onde 27 tipos de agrotóxicos foram detectados na água consumida. Chamada de "efeito coquetel", a mistura entre substâncias preocupa especialistas.
As informações são resultado de um cruzamento de dados realizado pela Repórter Brasil a partir de informações do Sistema de Informação de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Sisagua), do Ministério da Saúde, com testes feitos em 2022.

No Sul de Minas, conforme os dados levantados, as substâncias foram encontradas nos municípios de Jacutinga, Campo Belo, Nepomuceno, Paraguaçu, Paraisópolis, Poços de Caldas, São Lourenço e Três Pontas.

A maioria dos exames identificou uma concentração dentro do limite considerado seguro pelo Ministério da Saúde para cada tipo de substância isoladamente. Ou seja, a simples presença de cada agrotóxico em uma amostra não necessariamente acarreta problemas para a saúde.

No entanto, a regulação brasileira não leva em conta os riscos da interação entre os diferentes tipos de pesticidas. É justamente a mistura de substâncias o que preocupa especialistas.

As detecções ocorreram em amostras de água de diferentes redes de abastecimento dentro dos municípios.

Agrotóxicos em 2019
Em 2019, um outro levantamento feito pela Repórter Brasil, Agência Pública e Public Eye com base nos dados do Ministério da Saúde, apontou que em 45 cidades do Sul de Minas, a água que chegava às estações de tratamento estava contaminada por algum tipo de agrotóxico.

Além disso, em sete delas a presença de químicos estava bem acima do permitido.

Entre os municípios citados com a presença de agrotóxicos estavam Elói Mendes, Paraguaçu, Bom Sucesso, Ibituruna, Carvalhos e Andradas.
Fonte: G1

Коментарі


bottom of page