top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Mais da metade dos mineiros recebe no máximo um salário mínimo por mês

Por outro lado, apenas 6,4% têm renda superior a três salários mínimos mensais


Em todo o Brasil, são 60,1% com renda de até um salário mínimo — Foto: Pixabay/Divulgação
Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (6 de dezembro) mostram que 58,2% dos mineiros recebem até um salário mínimo por mês. Os números compõem a “Síntese de Indicadores Sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2023”. Por outro lado, apenas 6,4% têm renda superior a três salários mínimos mensais.
VEJA TAMBÉM

Conforme o documento, Minas Gerais ocupa a décima sétima posição na lista dos Estados com maior percentual de pessoas que recebem até um salário mínimo por mês. O lugar que tem o menor percentual é Santa Catarina (39,9%). Em todo o Brasil, são 60,1% com essa renda mensal.
Os números ainda revelam que está no Maranhão o maior número de pessoas que sobrevivem com apenas um salário mínimo por mês (83,4%). Em seguida vêm Alagoas (80,8%) e Paraíba (80,5%).
“De modo geral, estados das regiões Norte e Nordeste têm as maiores proporções de populações com rendimento mensal de até um salário mínimo. Por outro lado, estados do Sul e Sudeste (além do Distrito Federal) são aqueles com percentuais mais expressivos de populações cujo rendimento mensal fica entre um e três salários mínimos ou acima de três salários mínimos”, diz o estudo do IBGE.


FONTE: O Tempo

Comments


bottom of page