top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Mais seis mortes são confirmadas por dengue nas últimas 24h em MG

Outros 302 óbitos ainda estão em investigação em Minas Gerais


A dengue possui diferentes tipos, sendo um deles o mais perigoso, a hemorrágica, devido ao risco de morte, porém, até mesmo uma manifestação mais leve pode comprometer a saúde ocular.

O balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG) nesta sexta-feira (8/3) confirma mais seis mortes por dengue em um período de 24 horas. No total, o estado já registrou 60 óbitos pela doença em 2024, representando um aumento significativo em relação ao número registrado há apenas 17 dias. Adicionalmente, há 302 óbitos em fase de investigação.

- Casos Confirmados e em Investigação:

Segundo o painel de monitoramento de arboviroses da SES-MG, foram registrados 463.669 casos prováveis de dengue, com 167.093 casos confirmados por exames. O número de mortes em investigação aumentou para 290, representando um aumento de quase 20 mil casos prováveis e mais de 8 mil novas confirmações em relação ao balanço anterior. Doze óbitos adicionais estão sob investigação.

- Outras Arboviroses:

Em relação à chikungunya, foram registrados 48.580 casos prováveis, com 30.734 confirmações e 19 mortes confirmadas, além de 20 em investigação. Quanto à zika, foram registrados 98 casos prováveis e sete confirmados, sem mortes confirmadas ou em investigação.

- Vacinação:

Diante da situação de emergência, a vacinação contra a dengue em Minas Gerais foi expandida nesta sexta-feira (8). A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) informou que irá ampliar a imunização para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde. Anteriormente, as vacinas estavam disponíveis para a faixa etária de 10 e 11 anos. O Ministério da Saúde continuará atualizando as diretrizes para essa vacinação conforme mudanças no cenário epidemiológico e disponibilidade de imunizantes no país.

Comments


bottom of page