top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Membros de quadrilha especializada no tráfico interestadual de drogas são presos em MG

Operação 'Entreposto' também cumpriu mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e Esmeraldas.


Aproximadamente 800kg de maconha foram apreendidos anteriormente nessa mesma investigação do MPMG — Foto: MPMG/Divulgação
Dois integrantes de uma quadrilha especializada em tráfico interestadual de drogas foram presos durante a operação "Entreposto", realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) na segunda-feira (18).

Um dos alvos estava em Formiga, no Centro-Oeste de Minas, enquanto o outro foi encontrado em Curitiba (PR). A operação também cumpriu dois mandados de busca e apreensão em Belo Horizonte e Esmeraldas.

De acordo com o Ministério Público, o homem preso em Formiga é investigado por atuar na escolta e armazenamento de drogas na região metropolitana de Belo Horizonte.
Já na capital paranaense, o preso era responsável pelo envio do entorpecente, já condenado por tráfico internacional de drogas.

Este suspeito foi alvo da operação "Enterprise", deflagrada em 2022 pela Polícia Federal para reprimir uma organização criminosa vinculada à máfia italiana que enviava cocaína para Europa em contêineres e submersa em navios.

A operação "Entreposto" contou com o apoio operacional da Delegacia Regional de Formiga e do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Defesa da Ordem Econômica e Tributária (Caoet) do MPMG.

Investigação

Segundo apurado, a organização criminosa utilizava Belo Horizonte e região metropolitana para guardar a droga, especialmente maconha, e, depois, levava o entorpecente para comunidades localizadas no Rio de Janeiro (RJ).

Anteriormente, um dos integrantes da quadrilha foi preso na BR-262 em Betim, transportando aproximadamente 800 kg de maconha.

As investigações também apontaram que havia um esquema estruturado de transporte de drogas, no qual cada integrante da quadrilha desempenhava uma função específica.

FONTE:G1

Comments


bottom of page