top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Ministério da Saúde Adota Estratégia Nacional de Combate ao Aedes aegypti Desenvolvida pela Fiocruz

O Ministério da Saúde anunciou a ampliação da estratégia desenvolvida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para combater o mosquito Aedes aegypti, vetor de doenças como dengue, zika e chikungunya. Transformada em política pública nacional, a medida visa reduzir as populações do inseto, especialmente em grandes cidades.
A estratégia utiliza Estações Disseminadoras de Larvicidas (EDLs), que consistem em potes com dois litros de água parada colocados em áreas de proliferação do mosquito. As fêmeas, atraídas para depositar seus ovos, pousam em um tecido sintético impregnado com o larvicida piriproxifeno, que adere ao seu corpo. As fêmeas, ao buscar novos criadouros, disseminam o larvicida, afetando o desenvolvimento dos ovos e larvas.
Conforme a nota informativa 25/2024, a implementação das EDLs segue cinco etapas: manifestação de interesse do município, assinatura de acordo de cooperação técnica, validação com a secretaria estadual de saúde, capacitação dos agentes locais e monitoramento da implementação.
A expansão será gradual, considerando a capacidade das esferas nacional, estadual e municipal. Inicialmente, 15 cidades com alta infestação de Aedes aegypti, alta notificação de arboviroses e população acima de 100 mil habitantes serão contempladas.
Desenvolvida pelo Laboratório de Ecologia de Doenças Transmissíveis na Amazônia (EDTA) da Fiocruz, a estratégia foi financiada pelo Ministério da Saúde desde 2016. Testes em 14 cidades brasileiras até 2022 mostraram bons resultados, com as fêmeas disseminando o larvicida em um raio de 3 a 400 metros, atingindo criadouros inacessíveis ou indetectáveis.
Os pesquisadores destacam que a estratégia supera barreiras de outros métodos, permitindo o controle em áreas de difícil acesso e urbanização precária, além de ser eficaz em galpões de reciclagem com muitos recipientes acumuladores de água. Fonte:AgenciaBrasil

Comments


bottom of page