top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Mulher morre após supostamente ter ateado fogo em si mesma durante briga de casal em Pouso Alegre, MG

Apesar da declaração da mulher, Polícia Civil conduzira investigações sobre a causa da morte

Andréia Rodrigues, de 42 anos, faleceu ao ser internada no Hospital Samuel Libânio na madrugada desta terça-feira (20). FOTO: Montagem/ Redes Sociais
A Polícia Civil de Pouso Alegre (MG) está iniciando uma investigação sobre a morte de uma mulher de 42 anos, vítima de violência doméstica, que supostamente teria se incendiado.

De acordo com o registro da Polícia Militar, os policiais foram acionados para atender a uma ocorrência no Hospital Samuel Libânio na madrugada desta terça-feira (20), onde uma mulher chegou com queimaduras de segundo grau em 50% do corpo.

Segundo informações fornecidas pela PM, a equipe médica relatou que a mulher afirmou ter ateado fogo em si mesma durante uma discussão com o marido.

O homem, de 53 anos, contou à polícia que ele e sua esposa estavam consumindo bebidas alcoólicas em um bar próximo à residência deles e que, ao retornarem para casa, começaram uma discussão que resultou em agressões físicas de ambas as partes.

Em determinado momento, a mulher teria pego uma garrafa de álcool, jogado em si mesma e ateado fogo. O marido alegou ter sido ele quem socorreu a vítima até o hospital.

O homem foi detido em flagrante e acusado de violência doméstica pela Lei Maria da Penha.
Apesar da declaração da mulher de que ela mesma provocou o incêndio em seu corpo, a causa da morte ainda será investigada pela Polícia Civil.

A vítima foi identificada como Andréia Rodrigues e seu corpo será sepultado em Silvianópolis.

Comments


bottom of page