top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Mulher que serviu massa de tomate com mofo à família deve ser indenizada em R$ 5 mil em MG

Em sua defesa, a fabricante argumentou que a cliente não foi capaz de comprovar a ingestão do alimento


Molho de tomate gera indenização Pixabay/ reprodução
Uma empresa foi condenada a pagar R$ 5 mil de indenização a uma consumidora, por danos morais, devido à presença de mofo em massa de tomate. A decisão é da 5ª Câmara Cívil do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que manteve sentença da Comarca de Belo Horizonte.

Na ação, a vítima alegou que o dano à saúde teria sido agravado porque o produto foi consumido por toda a família. Além disso, a consumidora sustentou que a empresa “falhou na prestação de seus serviços, ao colocar um produto imprestável e putrificado no comércio”.

Em sua defesa, a fabricante argumentou que a cliente não foi capaz de comprovar a ingestão do alimento e que “meros sentimentos de desconforto e repugnância”, provocados pelo produto mofado, “não são capazes de dar ensejo ao pagamento de indenização por danos morais”.

A empresa ainda argumentou que a “suposta placa de mofo dentro do produto” pode ter ocorrido devido ao mau acondicionamento por parte da consumidora.

O relator destacou que o dano moral não está necessariamente ligado à doença ou mal-estar físico, uma vez que “a mera ingestão de alimento mofado já é capaz de trazer sofrimento psíquico”.

FONTE: Itatiaia


Comments


bottom of page