top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Município de MG tem mais de 100 áreas com perigo de deslizamentos


Na quarta-feira (4), o Serviço Geológico do Brasil (SGB) divulgou o relatório que indica áreas que podem sofrer danos em cidade do município de Diogo de Vasconcelos, em Minas Gerais (MG), a cerca de 100 quilômetros de Belo Horizonte (MG). Com 3,5 mil habitantes, a cidade tem 110 áreas de perigo associadas a deslizamentos de terra e duas relacionadas a quedas de blocos.
De acordo com o relatório, a situação é resultado das características geológicas e geomorfológicas da região, além de alterações realizadas na paisagem pela população.
Outro estudo, de 2022, atualizou o mapeamento de áreas de risco e identificou 13 setores de risco “alto” e “muito alto” relacionados a movimentos de massa e inundação.
O risco “muito alto” é de áreas com alto potencial de danos, principalmente sociais, alta e envolvendo moradias de alta vulnerabilidade. Esse risco admite que houve frequência de pelo menos três eventos significativos nos últimos 5 anos.
Tiago Antonelli, geólogo, chefe da Divisão de Geologia Aplicada do SGB, explica à CNN que os movimentos de massa envolvem deslizamentos de terra, escorregamentos, em churras, em corridas de detritos.
“Nos processos hidrológicos estamos falando de inundação, do extravasamento das águas dos rios, que porventura atingem as moradias próximas a esses rios”, completa.
São cerca de 74 edificações e 296 pessoas na região. Destes, 22 imóveis e aproximadamente 88 pessoas estão em risco muito alto de movimento da terra.
O órgão destaca que o grau de perigo pode ser reduzido com a implantação de obras preventivas e/ou de reabilitação sobre o terreno. Há também o risco da situação se agravar devido a intervenções inadequadas no território.
O relatório registra que em três setores de risco classificados como muito alto, ocorreu o processo de deslizamento de massa e o material mobilizado afetou as residências. Houve destruição de parte de sua estrutura e comprometendo a segurança dos moradores.
A CNN entrou em contato com a Prefeitura de Diogo de Vasconcelos para esclarecer as medidas adotadas para garantir a segurança dos moradores e aguarda retorno.
O estado de está em alerta laranja para chuvas intensas, emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).
O especialista alerta que em época chuvosas o risco de deslizamentos é maior e pode ser necessário que as autoridades competentes retirem a população das regiões afetadas.
Fonte: CNN

Comments


bottom of page