top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Operação 'Nova Voltagem' detém 29 suspeitos por crimes contra o patrimônio em Guaxupé, MG

Foto: Reprodução/Magaiver TV
Pelo menos 29 indivíduos foram detidos durante uma operação da Polícia Civil visando desmantelar uma organização criminosa envolvida em delitos contra o patrimônio em Guaxupé (MG). A operação, denominada Nova Voltagem, foi iniciada nesta terça-feira (20). A quadrilha é suspeita de furtar cobre de transformadores de energia elétrica e usinas fotovoltaicas.

A ação resultou na emissão de 30 mandados de prisão e 24 de busca e apreensão. Até o momento, 29 pessoas foram presas, sendo que três delas já estavam cumprindo pena no sistema prisional por outros delitos.

Para a execução da operação, foram mobilizados 120 policiais de toda a região, além de equipes especializadas da capital que foram deslocadas para oferecer apoio, totalizando 35 viaturas policiais e um helicóptero para auxílio aéreo.

Os suspeitos foram encaminhados ao presídio de Guaranésia.

A investigação

As investigações iníciaram há seis meses e visam apurar os crimes de organização criminosa, lavagem de dinheiro, furto e receptação de cobre de transformadores de energia elétrica e usinas fotovoltaicas.

Segundo a Polícia Civil, a organização criminosa direcionava seus ataques a transformadores localizados em áreas remotas para dificultar a investigação e causar prejuízos aos produtores rurais, que ficavam sem energia.

Estima-se que a quadrilha tenha causado prejuízos em torno de R$ 2,6 milhões, além de interrupções no fornecimento de energia em regiões afastadas da rede elétrica.


Comments


bottom of page