top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Operações policiais prendem pelo menos 40 criminosos em duas cidades no Sul de Minas

Só na região de Pouso Alegre, 38 pessoas foram detidas em uma ação que visava combater diversas modalidades criminosas. A outra operação aconteceu na região de Varginha e prendeu duas pessoas.


Pelo menos 40 pessoas foram presas durante operações realizadas pelos órgãos de segurança pública no Sul de Minas. Só na região de Pouso Alegre, 38 pessoas foram detidas em uma ação que visava combater diversas modalidades criminosas. A outra operação aconteceu na região de Varginha e prendeu duas pessoas.

As Polícias Militar, Civil e Ministério Público fizeram uma operação conjunta entre terça (19) e quarta-feira (20) na região de Pouso Alegre (MG). A ação visava combater diversas modalidades criminosas.

Foram cumpridos 38 mandados de busca e apreensão e de prisão, que resultaram na prisão de 38 pessoas. O objetivo da operação era proporcionar tranquilidade e aumento na sensação de segurança na região.

Operações prendem pelo menos 40 criminosos no Sul de Minas — Foto: Polícia Militar
De acordo com a Polícia Militar, a operação começou de uma ação conjunta entre as forças de segurança pública para desarticular uma organização criminosa que roubava casas em Cambuí, Estiva e municípios vizinhos. Com relação a esta quadrilha, foram cumpridos mandados de prisão em Cambuí e Senador Amaral, onde foram presos três homens e cinco mulheres.

Operação em Varginha

Dois homens, de 22 e 23 anos, foram presos nesta quarta-feira (20) durante uma operação de Natal em Varginha e Três Pontas (MG). Segundo a Polícia Civil, os mandados de prisão temporário são decorrentes de um caso de roubo e extorsão que aconteceu em agosto deste ano, no Bairro Rezende, em Varginha.

Na época, quatro pessoas teriam roubado um veículo, um telefone e a carteira de um homem de 67 anos. Os criminosos teriam usado violência e ameaçado a vítima com uma arma de fogo, além de terem feito o homem como refém e o coagido a fornecer a senha do celular para realizarem transferências bancárias.

Três suspeitos foram identificados e indiciados pelos crimes de roubo e extorsão. A dupla detida nesta quarta-feira foi encaminhada para o sistema prisional. A polícia trabalha para localizar o terceiro investigado.

FONTE:G1



コメント


bottom of page