top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Opinião com Luiz Fernando Alfredo - 04/01/2024



Libertação da consciência


Não procure fora de você o melhor jeito de ser, imitando os outros, construa seus propósitos dentro de si, só você e a sua consciência, pois, não tem como engana-la. Dê tempo para sua mente encontrar você; esqueça às redes sociais por algum tempo.

Quando começamos a não encontrar sentido na vida é hora de ajoelharmos, refletirmos e mudarmos de direção e comportamento.
Não devemos entorpecer nossa mente por um dia, sabendo que no outro estaremos enfrentando novamente a realidade; mude de vida.
Mudar de ano, para muitos, significa esperança nova, especialmente prosperidade, para outros, é um número maior no calendário, aumento do passado e redução do futuro.

A história é escrita no rastro do homem, ela retrata o que àqueles que viram, falaram e os que ouviram interpretaram; existem falhas e exageros, mas a essência não se perde, quando podemos comprova-la com a ciência.
Não cumprimente às pessoas para mostrar que você está passando, cumprimente-as para que elas vejam que você importa com elas.
Perdoar é aplacar a mágoa, os desejos de vingança e de cobrança, dificilmente, apaga às manchas que ficaram.

Não espere reconhecimento daquilo que você fez de bom; é mais digno o esquecimento do que ser laureado pelo que você não fez.
É tão lógica a existência de Deus ao sentirmos quão sincronizado é a vida e a natureza; só temos dificuldades de compreendermos seus desígnios e porque permitiu que o mal fosse tão atrativo se somos fracos e a cada dia morremos um pouco.

Sentimos quão ilusória é a beleza estética, quando vemos nossos ídolos envelhecidos.
Do avesso somos iguais, feios, opacos e a vida totalmente invisível.
Quando começamos ficar muito saudosos é porque não cabemos mais nesse mundo; a magia da vida está exaurindo.

Morrem milhões por causa do ideal de um homem, mas, não matamos o ideal de um homem para salvarmos milhões.

Grandes guerreiros vencedores e genocidas são lembrados como heróis, porque seus biógrafos eram seus servos.

A retórica perfeita, e no momento certo, mudou o mundo a cada era.
O que compramos sem precisar, guardamos sem percebermos.
Quantos homens santos não foram canonizados porque alguém apagou sua história.

Muitas pessoas têm bons propósitos, porém, sucumbem ao dinheiro fácil.
Existem três tipos de honestos, os convictos, os medrosos e os que não tem oportunidades de fazer errado.

Grandes interesses atraem amizades que um dia serão repelidas, grandes emoções cultuam amizades duradoras, mas ambas, na falta de convivência e bônus, apagam aos poucos e o tempo ajuda mata-las.

A vaidade ofusca a razão e o egoísmo impede a justiça.
A família se desintegra quando os avós partem desta vida.

O poder é mais atraente do que o dinheiro, pois, o homem gosta de decidir o destino dos outros, ainda que, por pouco tempo, mesmo que o dinheiro possa comprar poder, ele nunca será seu de fato.

Os poderosos são tão maníacos que, inconscientemente, provocam destruição para diminuir a concorrência para si, pensando que são eternos.

Pare de se achar, pois, estando ocupado com seu ego, as pessoas param de procura-lo.

Não entregar o trabalho vendido é roubo à luz do dia.
Alguns são falastrões e descrentes, fingem serem destemidos nesta vida, mas, tem medo da outra, embora ambicione sua existência.

Alguns eruditos e acadêmicos citam os grandes filósofos de um passado longínquo, com o semblante extasiado, tentando validar suas teses e impressionarem os tolos, mas negam Jesus Cristo, o homem Deus que dividiu a história em duas partes, legando ensinamentos verdadeiros e dando perspectivas para todos que o seguirem, mesmo que os falsos religiosos, tenham tentado deturpar suas palavras indeléveis.

Achamos que a inteligência é capacidade do indivíduo resolver problemas, antecipando-se às experiências vividas, logo, o raciocínio lógico é uma habilidade cognitiva que envolve a capacidade de raciocinar da forma coerente.
Por que alguns inteligentes insistem em pensar diferente dos demais se os fatores que levam o indivíduo a determinados conceitos são os mesmos? Seria vaidade ou desejo de complicar para singularizar?

Bem, após nossas frases, vamos citar o grande pensador Fiódor Dostoievski, pensador russo um gênio da psicologia. “A dor e o sofrimento são sempre inevitáveis para uma grande inteligência e um coração profundo. Os homens realmente grandes devem, penso eu, ter grande tristeza na terra”.
Achamos que o mundo seria bem mais exato, pouco remendado, menos ideológico e antagônico se houvesse mais senso comum.

Feliz 2024!
Que Deus abençoe nossos leitores!

Kommentare


bottom of page