top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Praças de pedágios começam a operar a partir de 9 de dezembro na MG-290, no Sul de Minas

Praças estão localizadas em Borda da Mata e Ouro Fino. A partir desta quarta-feira (29), o local já funciona em formato educativo para preparação e divulgação aos usuários.


As praças de pedágio localizadas na MG-290 em Borda da Mata (km 34,5) e Ouro Fino (km 71,1), começarão a operar em 9 de dezembro. A informação foi divulgada pela EPR Sul de Minas nesta quarta-feira (29).
A partir desta quarta (29), o local já funciona em formato educativo para preparação e divulgação aos usuários. O valor da tarifa básica praticado em todas as praças é de R$ 9,20.
Praças de pedágios começam a operar a partir de 9 de dezembro na MG-290, no Sul de Minas — Foto: EPR Sul de Minas
As praças de pedágio (06 e 07) entram em operação dentro da concessão que abrange 434,3 quilômetros de trechos das rodovias BR-459, MG173, MG 290, MG-459, MG-295, MG-455, CMG-146 e LMG-877. Atualmente já estão em operação as praças da BR-459, em Caldas, no km 40,5; a da BR-459, em Senador José Bento, no km 80,9; da BR-459, em Santa Rita do Sapucaí, no km 117,3; e da MGC-146, no km 622,8, em Poços de Caldas.
💲 Estarão disponíveis aos usuários as formas de pagamento via dinheiro, cartão de crédito ou débito, vale pedágio e desconto de usuário frequente – DUF.
O DUF vale para veículos leves que optarem pela passagem na via automática com TAG. Na primeira vez, é cobrado o valor integral da tarifa e a partir da segunda passagem (pela mesma praça e no mesmo sentido) o desconto é aplicado. Reclamações, cobrança adiada e mudança de local Desde que começou a operar na região, no dia 9 de outubro, a cobrança de pedágio nas praças localizadas na BR-459 tem causado protestos e revolta de moradores da região.
Uma das reclamações mais constante dos usuários da via é sobre a tarifa. O valor varia entre R$ 4,60 e R$ 9,20 em cada pedágio. Além disso, quem precisa passar pela rodovia com mais frequência usa uma “tag” para agilizar o tempo. Porém, segundo usuários, o que era para ajudar, tem dificultado, já que nem sempre as cabines de cobrança automática funcionam.
No final de outubro, a Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias de Minas Gerais (Seinfra) anunciou a suspensão da construção da praça de pedágios entre Ouro Fino e Monte Sião e o adiamento da cobrança de taxa em Jacutinga.
Segundo o governo, a construção da praça de pedágio na MG-459, entre Ouro Fino e Monte Sião, foi alterada por motivos de segurança, mas um estudo de um novo local seria feito.
Já a cobrança de pedágio na MG-290, que liga Pouso Alegre, Ouro Fino e Jacutinga, teve o início adiado para permitir a completa recuperação das condições do asfalto.


FONTE:G1

Comments


bottom of page