top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Prefeitura distribui repelentes gratuitamente em meio a crescimento alarmante de casos de dengue em Brazópolis, MG

Casos suspeitos da doença cresceram mais de 500% no comparativo com o mesmo período do ano passado.


Secretaria de Saúde distribui repelentes gratuitamente para pessoas com sintomas de dengue em Brazópolis — Foto: Reprodução EPTV
A Secretaria de Saúde de Brazópolis (MG) está tomando medidas urgentes em resposta a um aumento de mais de 500% nos casos suspeitos de dengue, comparado com o mesmo período do ano anterior. A cidade enfrenta uma crescente preocupação devido ao aumento dos sintomas relacionados à doença e ao número crescente de pessoas buscando atendimento médico.

O médico plantonista Edicarlos Preus descreveu os sintomas comuns observados na população, incluindo dor de cabeça, febre alta e dores articulares, e destacou a importância da vigilância diante desses sinais.

A Secretaria Municipal de Saúde relatou que, até o momento, foram notificados 74 casos suspeitos de dengue neste ano, em comparação com apenas 11 no mesmo período do ano anterior, representando um aumento significativo de 572%. Essa situação alarmante levou a Superintendência Regional de Saúde de Pouso Alegre a intensificar seus esforços para conter a propagação da doença.

Como parte das medidas preventivas, a prefeitura está distribuindo repelentes gratuitamente para pessoas com suspeita de dengue. A supervisora de endemias de Brazópolis, Luciane Constantino, explicou que o uso do repelente pode ajudar a prevenir a transmissão da doença para outras pessoas saudáveis, protegendo assim a comunidade.

Além disso, a prefeitura está acompanhando de perto os casos suspeitos, com equipes de monitoramento e visitas domiciliares para fornecer assistência e orientação. Um grupo de monitoramento foi formado para mapear a situação da doença na cidade, garantindo uma resposta eficaz às necessidades da comunidade.

A partir da próxima semana, a distribuição de repelentes será estendida às gestantes, consideradas um grupo prioritário devido à sua suscetibilidade a infecções. A coordenadora da atenção primária de Brazópolis, Luciana Abranches, enfatizou a importância da proteção das gestantes e a necessidade de conscientização sobre a prevenção da dengue.

Diante do aumento dos casos de dengue, a prefeitura está implementando medidas proativas para proteger a saúde e o bem-estar da comunidade, demonstrando um compromisso contínuo com a segurança pública e a saúde pública.

Comments


bottom of page