top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Psicóloga de 53 anos morre carbonizada após incêndio em apartamento, em Itajubá



Um incêndio em um apartamento no bairro São Vicente, em Itajubá (MG), resultou na morte de uma mulher de 53 anos na tarde de sábado (27). Segundo informações da Defesa Civil, o incidente obrigou três famílias a deixarem temporariamente o prédio.

O alerta foi dado pelos moradores ao avistarem a fumaça saindo de uma das janelas. As chamas rapidamente se espalharam pelo segundo andar, concentrando-se principalmente na cozinha de um dos apartamentos.

A vítima foi identificada como Rita de Cássia Almeida, uma psicóloga e servidora municipal. Durante o resgate, os bombeiros conseguiram salvar um cachorro que estava no local em chamas. Além disso, retiraram com segurança cinco gatos e duas calopsitas de outros apartamentos.

O incêndio foi controlado por volta das 16h30, permitindo a entrada da perícia da Polícia Civil e da Defesa Civil no prédio. Três famílias foram temporariamente realocadas para casas de parentes até que uma nova vistoria seja realizada na segunda-feira (29).

A Avenida Paulo Chiaradia, onde ocorreu o incidente, chegou a ser interditada pela Guarda Civil Municipal, mas foi liberada posteriormente.
As autoridades ainda não têm informações sobre a origem do fogo, que será investigada pela perícia da Polícia Civil.

A Prefeitura de Itajubá emitiu uma nota de pesar, expressando condolências aos familiares de Rita de Cássia Almeida. A gestão municipal destacou sua dedicação e profissionalismo como Psicóloga do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) e no Programa de Saúde Mental da Secretaria de Saúde.
Fonte: G1

Comments


bottom of page