top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Saiba quais contratados podem estrear pelo Cruzeiro no jogo deste próximo sábado (13)


O torcedor do Cruzeiro está ansioso pela estreia dos novos reforços contratados pelo clube. A janela de transferências será aberta na próxima quarta-feira, dia 10 de julho, mas será que todos os sete jogadores anunciados pela Raposa terão condições de jogar?

A resposta é não. Ainda que a expectativa da diretoria estrelada seja de regularizar todos os reforços durante essa semana, a tendência é de um prazo maior para alguns jogadores que necessitam de uma preparação física mais intensa.

Cássio, o primeiro contratado da era Pedro Lourenço, deverá ser o único reforço a estrear já na primeira oportunidade, sábado (13), contra o Red Bull Bragantino. O goleiro foi apresentado à torcida celeste no fim de maio e treina normalmente na Toca da Raposa há algumas semanas. O zagueiro Jonathan Jesus, contratado junto ao Ceará, vinha atuando normalmente e faz atividades com o restante do grupo. O jogador também deve ser opção na 17ª rodada do Brasileirão.

Os meio-campistas Matheus Henrique, Walace e Peralta vivem situações diferentes. Matheus, que foi apresentado pela diretoria celeste na última segunda-feira (8), treina há três semanas com o restante do grupo, mas, segundo o próprio jogador, precisará de mais tempo de preparação.

“Claro que estou ansioso, quero estar ali dentro de campo com os companheiros, mas sem pressa. Creio que não vai ser a partir de sábado que vou atingir o nível que eu tenho. Leva um pouco de tempo, mas, quando a oportunidade chegar e eu puder jogar, vou estar 100% preparado”, disse o atleta em sua apresentação.

Walace ainda segue na preparação física e dificilmente será relacionado para o duelo contra o Bragantino. O mesmo acontecerá com o paraguaio Peralta, que só ficará disponível em agosto por conta dos Jogos Olímpicos. Os atacantes Lautaro Díaz e Kaio Jorge fizeram nesta semana um trabalho com o grupo e podem ser opção, dependendo da evolução no decorrer da semana.
Fonte: O Tempo

Commentaires


bottom of page