top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Senadora Interina Rosana Martinelli é Investigada por Suposto Financiamento de Atos Antecedentes ao 8 de Janeiro

A ex-prefeita de Sinop (MT), Rosana Martinelli (PL-MT), assumiu o mandato de senadora temporariamente, substituindo Wellington Fagundes (PL-MT), que está de licença para uma cirurgia no ombro. Durante seu discurso no Senado, Martinelli elogiou o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), por devolver a medida provisória do Pis/Cofins e criticou o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmando que "o governo só tem encontrado brechas e oportunismos para tirar vantagens do agro, da indústria, do comércio e do cidadão".

Investigação do STF
Rosana Martinelli está sendo investigada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no inquérito dos eventos de 8 de janeiro, que é relatado pelo ministro Alexandre de Moraes. A investigação apura supostos financiamentos de atos que antecederam as manifestações antidemocráticas daquele dia. Martinelli nega qualquer envolvimento ou financiamento desses atos.

Declarações de Rosana Martinelli
Em entrevista à Revista Oeste, Martinelli afirmou que foi incluída no inquérito de forma injusta e que teve suas contas bloqueadas e passaporte apreendido antes dos eventos de 8 de janeiro. “Não participei dos atos antidemocráticos. Minhas contas foram bloqueadas, meu passaporte cassado [apreendido] por suspeita de ser financiadora antes. O que aconteceu comigo foi em 15 de dezembro, antes do 8 de janeiro”, disse Martinelli.

Ela explicou que foi alvo de busca e apreensão e teve suas contas bloqueadas junto com outras 100 pessoas, sob suspeita de enviar alguns caminhões, mas insiste que não tinha conhecimento dos eventos que ocorreriam em janeiro. “Nem se sabia que iria acontecer o 8 de janeiro. Não tenho envolvimento nenhum com o 8 de janeiro”, declarou Martinelli.

Compromissos no Senado
Rosana Martinelli afirmou que seu foco no Senado será a defesa do agronegócio, da família e da propriedade privada, áreas que considera fundamentais para o desenvolvimento do país.
Fonte: Revista Oeste

Comentários


bottom of page