top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Sugestões de Vérdi para Zema visa à diminuição da tarifa de pedágio em Varginha




O prefeito Vérdi Lúcio Melo apresentou propostas para reduzir a tarifa de pedágio que será cobrada no final de 2024 na estrada que liga a Fernão Dias a Varginha. O anúncio ocorreu durante coletiva concedida na tarde desta última quarta-feira (31/1). Como o BlogdoMadeira antecipou em 2021, a estrada foi terceirizada, passa por obras e vai ganhar praças de pedágio para custear o investimento da empresa, a EPR Vias do Café.

Investimento x tarifa
Vérdi disse que é a favor da privatização da estrada. “Precisa melhorar essa rodovia para aumentar a segurança dos usuários, sou a favor do investimento. Não concordo é com esse valor absurdo de R$ 13,70 que está sendo cogitado para a tarifa. Um aluno que mora em Três Corações mas estuda em Varginha vai pagar mais de 200 reais por mês só de pedágio.” Grande parte do transporte na rodovia é de carga. Vérdi comentou que um caminhão de 9 eixos vai pagar 136 reais. “Aí o caminhão entra em Varginha, vai no Porto Seco e paga a tarifa. Volta para uma cidade próxima, mais 136 reais. Retorna para Varginha, paga novamente. Isso vai encarecer o frete e os custos dos produtos transportados”.

Sugestões
O prefeito de Varginha enviou um documento ao governador com propostas para que o preço inicial da tarifa seja menos de R$ 13,70:
Isenção do ISSQN para a concessionária EPR nas cidades cortadas pela rodovia, para subsidiar os custos da empresa e reduzir a tarifa;
Aumentar o período que a rodovia tem para explorar o trecho de 30 para 40 anos (“A empresa teria mais tempo para absorver o investimento da duplicação e outras melhorias”).

Resposta
Vérdi disse que vai se encontrar com Zema depois do carnaval. “Espero que até lá o governador já tenha uma resposta. Não queremos fechar estrada, fazer barulho para aparecer. Isso atrapalha os motoristas. Queremos falar direto com quem toma as decisões”.

Também participaram da coletiva o vice-prefeito Leonardo Ciacci, o chefe de Gabinete Honorinho Ottoni, o vereador Dudu Ottoni e a secretária de Desenvolvimento Econômico, Cynthia Silva.
Fonte: Blog do Madeira

留言


bottom of page