top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Suspeito de matar esposa a facadas e ferir filha de 1 ano deixa hospital e vai para presídio em MG

Crime aconteceu na noite da última quinta-feira (9) em Poços de Caldas; mulher foi encontrada protegendo a filha de 1 ano, que também foi esfaqueada, mas já recebeu alta.


O psicólogo A. S. Filho, de 42 anos, suspeito de matar a esposa a facadas em Poços de Caldas (MG), recebeu alta na tarde desta segunda-feira (13) da Santa Casa da cidade, onde estava sob escolta policial. Ele foi levado para o presídio, onde ficará à disposição da Justiça.
O crime aconteceu na última quinta-feira (9). Tatiana de Lima Campana foi encontrada ao lado da filha de 1 ano que também ficou ferida. O psicólogo, suspeito do crime, também foi encontrado com ferimentos de faca.
O homem já tinha sido preso em flagrante e a Justiça converteu a prisão para preventiva. O depoimento dele foi colhido no hospital na presença do advogado. A filha do casal, de apenas 1 ano, que também ficou ferida após o crime, já recebeu alta do hospital.
O corpo de Tatiana de Lima Campana, de 40 anos, foi sepultado na tarde de quinta-feira (9) em Poços de Caldas. Mulher havia saído de casa Segundo a polícia, familiares disseram que a mulher já havia saído de casa dias antes, mas voltou no dia anterior, horas antes do crime. Ela foi encontrada ainda com vida tentando proteger a filha, de 1 ano, que também levou uma facada na barriga.
"A informação que a gente tem de familiares é que já havia uma discussão entre eles, ela teria saído do apartamento dias atrás, na quarta-feira teria voltado e infelizmente nessa madrugada, de quarta pra quinta, aconteceu a ocorrência", disse o capitão da Polícia Militar, Luciano Alves Ferreira. Crime Tatiana de Lima Campana tinha 40 anos. Ela foi morta com sete facadas na madrugada de quinta-feira (9) em um apartamento que fica em um condomínio no bairro Quisisana, em Poços de Caldas. A filha do casal, de 1 ano, também ficou ferida. Segundo a polícia, a criança levou uma facada na barriga.
O principal suspeito é o marido de Tatiana, A.S. C. Filho, de 42 anos. Ele é psicólogo e chegou a disputar uma vaga no Conselho Tutelar da cidade, quando teve 52 votos. Não se elegeu, mas se tornou suplente.
Mulher é morta a facadas e filha de 1 ano fica ferida em Poços de Caldas; marido é o suspeito do crime — Foto: Redes sociais
Segundo a polícia, uma irmã de Ailton, que mora no mesmo prédio, foi quem ouviu Tatiana gritando por ajuda. "A guarnição chegou no local e lá o Samu já estava presente. Infelizmente a gente constatou lá através de relatos de funcionários do Samu, que a vítima já estava morta. Ainda no apartamento se encontrava o possível autor, já com ferimentos de facas", disse o capitão Luciano Alves Ferreira.
O homem foi preso em flagrante. Ele foi levado para a Santa Casa de Poços de Caldas porque, segundo a polícia, estava com marcas superficiais de facadas pelo corpo. O suspeito alegou para a polícia que a mulher teria o atacado e depois tirado a própria vida.
No entanto, a própria polícia afirmou no boletim de ocorrência que um perito da Polícia Civil concluiu que as perfurações na vítima eram sinais de autodefesa. Portanto, a suspeita é que ela estaria se defendendo de um ataque.
A Polícia Civil vai investigar o caso.

FONTE:G1

Comments


bottom of page