top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Tsunami de Dívidas: Brasil Ainda Enfrenta Alto Número de Inadimplentes"

O número de inadimplentes no Brasil recuou em maio ante abril, interrompendo dois meses seguidos de avanço, segundo dados da Serasa publicados nesta terça-feira (25). O país registrou 72,5 milhões de nomes negativados no mês passado, queda de 1,2%, equivalente a 884 mil pessoas.
Apesar da queda, o total de inadimplentes ainda é maior do que no início do ano, quando a situação afetava 72,07 milhões de pessoas. O Mapa da Inadimplência e Negociação de Dívidas da Serasa ainda mostra que, em maio, houve queda de 1,3 milhão no número total de débitos dos brasileiros — lembrando que a mesma pessoa pode ter mais de uma conta inadimplente.
Ao todo, são 273 milhões de dívidas, que, somadas, chegam a R$ 394 bilhões. Segundo a gerente da plataforma Serasa Limpa Nome, Aline Maciel, entre as possíveis razões para o recuo do indicador está o pagamento do primeiro lote de restituição do imposto de renda.
No fim de maio, a Receita Federal injetou R$ 7,5 bilhões na economia brasileira, contemplando mais de 4,1 milhões de contribuintes. “O pagamento, segundo pesquisa da Serasa, seria usado prioritariamente para quitar dívidas, em linha com esse momento de baixa”, explica.
Ainda de acordo com dados apresentados no Mapa, os bancos e cartões de crédito são os principais motivadores do endividamento dos brasileiros. Apesar de acompanharem a queda geral em maio, os dois correspondem a 29,07% das dívidas.
Entre os motivadores, as contas básicas de luz, água e gás natural, também em queda no mês de maio, aparecem em seguida e refletem 22,13% das dívidas. Os segmentos financeiros e de serviços tiveram aumento entre as principais razões de endividamento, totalizando 17,54% e 11,86%, respectivamente. Fonte:CNN

Comments


bottom of page