top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Uma operação do Procon-MG na região do Vale do Mucuri, em Minas Gerais, resultou na apreensão de mais de duas toneladas de carnes impróprias para o consumo

Divulgação


Iniciada em março deste ano, a ação foi conduzida em duas fases, abrangendo 40 açougues autuados e 18 interditados.

As irregularidades mais frequentes, segundo o Procon-MG, incluíam a falta de alvará sanitário, armazenamento inadequado e ausência de comprovação da origem dos produtos. O monitoramento abrangeu 81 açougues em cidades como Ladainha, Poté, Ataléia, Pavão, Novo Oriente de Minas e Ouro Verde.

"Essa operação é crucial para garantir a segurança alimentar e proteger os consumidores dos municípios envolvidos. O apoio fornecido pela sede do Procon-MG demonstra o compromisso do órgão com a conformidade às normas sanitárias e ao Código de Defesa do Consumidor", afirmou Luiz Otávio Teixeira, coordenador da Divisão de Fiscalização das Relações de Consumo do Procon-MG.
Os fornecedores em situação irregular enfrentarão processos administrativos. Os estabelecimentos interditados só poderão retomar suas atividades após resolverem as questões em desconformidade com a legislação.

"Foram iniciados procedimentos administrativos e os estabelecimentos autuados terão chance de se defender. Nos casos de infração comprovada, eles enfrentarão sanções administrativas", destacou Milena Ribeiro de Matos Xavier, promotora de Justiça de Defesa do Consumidor de Teófilo Otoni.

A operação contou com o apoio da Polícia Militar e da Vigilância Sanitária.
Fonte: O Tempo

Comments


bottom of page