top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Vasco vence Botafogo, deixa Z4, e briga pelo título do Brasileirão embola de vez


Reprodução

Em clássico com muitos interesses, o Vasco venceu o Botafogo por 1 a 0, na segunda-feira (6), em São Januário, e deixou a zona de rebaixamento na 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.
O gol da partida saiu ainda no primeiro tempo, aos 28 minutos, em jogada individual do lateral Paulo Henrique, que marcou pela primeira vez com a camisa do Vasco.
O Cruzmaltino chega a 37 pontos e assume, provisoriamente, a 15ª posição. Com isso, o Cruzeiro, que tem um jogo a menos que os adversários, entra na zona de rebaixamento.

Briga pelo título
embolada
Por outro lado, o Botafogo viu sua distância na liderança zerar de vez. Com um jogo a menos, o Alvinegro tem os mesmos 59 pontos do Palmeiras, mas lidera a tabela pelo número de vitórias.
O Red Bull Bragantino tem o mesmo número de partidas que o Botafogo, 31, mas está com um ponto a menos. Os times ainda se enfrentam no Brasileirão.

Próximos jogos
O Vasco só volta a jogar no dia 12, diante do América-MG, em São Januário, às 18h30 (de Brasília). O decisivo duelo direto com o Cruzeiro, no Mineirão, foi adiado para o próximo dia 22.
O Botafogo retorna a São Januário, na quinta (9), às 20h (de Brasília), mas agora como mandante, contra o Grêmio. O Nilton Santos está fechado para shows nesta semana.

Como foi o jogo
Nos primeiros 25 minutos de partida, parecia que o Botafogo estava jogando em casa. Com toque de bola envolvente, o Glorioso rondou sem parar o gol do Vasco, que tentava se livrar no chutão.
Porém, o domínio alvinegro não se transformou em bola na rede. O Vasco se segurou bem, e começou a colocar a bola no chão para equilibrar as ações.
A torcida vascaína se levantou com as seguidas disputas de bola que o Cruzmaltino começou a ganhar no meio de campo.

Quem não faz…
Após perder o domínio do meio de campo, o Botafogo se enervou. E o Vasco aproveitou. Em um chute sem direção de Maicon, a bola encontrou Paulo Henrique. O lateral ex-Galo fintou Marçal no domínio, passou por Bastos e bateu de esquerda: 1 a 0.
O gol deixou o Botafogo desnorteado, e a lógica do primeiro tempo se inverteu. Quem errava sem parar era o Glorioso.

Inversão de domínio
Após o gol, o que se viu foi uma avalanche do Vasco contra o gol de Lucas Perri. O Cruzmaltino chegou a ter um gol de Gabriel Pec anulado por posição irregular. Depois, foi a vez de Paulinho cabecear rente à trave.

Vasco controla a vantagem
No segundo tempo, o Botafogo tentou pressionar o Vasco, mas, nitidamente, o psicológico do time, antes imbatível, parece estar abalado. Em quase todas as chegadas ao ataque, os jogadores tomavam a decisão errada.
O Vasco, com a vantagem no placar, foi esperto e catimbou quando pôde, deixando a bola com o pouco criativo Botafogo. Nas bolas alçadas, com Tiquinho e Diego Costa na frente, foi quando o Bota levou mais perigo, mas de nada adiantou.
Artilheiro fora
contra o Grêmio
Nada é tão ruim que não posso piorar. Em uma sequência de derrotas, o Botafogo ainda terá o desfalque de Tiquinho Soares, artilheiro do Brasileiro ao lado de Paulinho, do Atlético-MG, fora do confronto. Ele recebeu o terceiro amarelo no clássico.
Fonte: CNN

Commenti


bottom of page