top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

6º HackLab FNESP: Unis marca presença no maior Fórum de Educação Superior da América Latina




Entre os dias 27 e 29 de setembro acontece o 6º HackLab FNESP em São Paulo, uma maratona empreendedora que reúne estudantes de todo o Brasil durante a 25ª edição do Fórum Nacional de Ensino Superior, o maior Fórum de Educação Superior da América Latina.

O HackLab Fnesp é uma maratona empreendedora em que estudantes universitários têm a oportunidade de desenvolver soluções inovadoras para problemas reais do Ensino Superior Brasileiro.

As soluções desenhadas por meio da visão e experiência do jovem estudante e aliadas aos desafios das Instituições de Ensino Superior serão apresentadas a mais de 1000 gestores educacionais durante a sessão final do 25º FNESP.

30 estudantes foram selecionados e serão posteriormente divididos em grupos para desenvolver um projeto inovador que funcione como solução para problemas reais enfrentados pelas instituições de ensino superior.

Em 2022, a aluna do curso de Administração-Comércio Exterior do Unis, Beatriz Branter, participou da maratona e conquistou o 2º lugar com a sua equipe, que criou uma startup, chamada Cometa: um aplicativo que visa integrar o aluno ao mercado de trabalho estando em sala de aula, como se fosse um “Estágio Sala”, possibilitando a todos ter a experiência da sua área em metodologias ativas e ainda dando visibilidade ao aluno para se integrar ao mercado de trabalho.

Agora, em 2023, representando o Grupo Unis em mais uma edição do HackLab, os universitários Beatriz Branco Terra e Gustavo Gonçalves Oliveira Silvado, estudantes do cursos Administração-Comércio Exterior, vão vivenciar três dias de treinamentos em diversas áreas e, no final do FNESP, apresentarão seus projetos em forma de pitch para os mais de mil participantes do evento, gestores e líderes do setor, além de uma banca julgadora composta por três especialistas em educação.

Para a aluna participante da edição do ano passado: “Foi extremamente gratificante, estar em um ambiente em que tive a oportunidade de conviver com pessoas brilhantes e com mentores que a todo o momento estavam do nosso lado, sem dúvidas esse foi um ponto que vale ressaltar. As soluções que foram trabalhadas e atividades exercidas nesse projeto me enriqueceram muito profissionalmente e de forma pessoal, pois como eu sou aluna do Ensino Superior Brasileiro, ter a minha voz sendo pauta para discussões e até mesmo resoluções de uma problemática, que foi a ‘evasão dos alunos no ensino superior’, para mil gestores da área da educação é algo enriquecedor.

Quando tudo finalizou e os ânimos se acalmaram, pois são 3 dias de total empenho, eu percebi que essa experiência me deu mais foco, disciplina, força de vontade, responsabilidade, independência, autocontrole, aprendizado em lidar com um cenário de risco (na questão da startup), além de toda a troca de conhecimento e a experiência dos profissionais que estavam presentes. Por fim, eu gostaria de incentivar os alunos para que se inscrevam nas próximas edições, pois será algo de extrema significância na vida deles, posso garantir”, concluiu Beatriz Branter.

Kommentare


bottom of page