top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Al-Hilal de Jorge Jesus alcança marca histórica de 28 vitórias seguidas com 9 a 0, Neymar ausente, e mais curiosidades

Nas históricas 28 vitórias seguidas, time de Jorge Jesus tem média de quase três gols por jogo, é pouco vazado e é superior a adversários e rivais mesmo sem craque brasileiro


Jorge Jesus em Al-Ittihad x Al-Hilal — Foto: Yasser Bakhsh/Getty Images
Números e curiosidades esclarecem como o Al-Hilal chegou até as 28 vitórias seguidas em jogos oficiais, novo recorde mundial no futebol masculino. Com o trabalho do técnico Jorge Jesus, o time de Neymar protagonizou uma chuva de gols principalmente com Mitrovic e uma defesa quase impenetrável. Uma superioridade em campo com três principais formações, mesmo quando estava desfalcado do craque brasileiro.

81 gols marcados

O Al-Hilal conseguiu uma média de 2,9 gols por partida na série. Artilheiro do time, Mitrovic marcou, durante a sequência, 26 dos seus 31 gols na temporada. O centroavante sérvio só não participou de uma das 28 partidas e anotou um hat-trick (três gols) na goleada por 6 a 0 sobre o Mumbai City, pela fase de grupos da Champions da Ásia, em outubro de 2023.

Mitrovic comemora o gol do Al-Hilal contra o Al-Ittihad — Foto: Divulgação / Al-Hilal
Maiores goleadas

O Al-Hilal conseguiu algumas goleadas que contribuíram para elevar a média de gols. A maior delas foi um 9 a 0 sobre o Al-Hazem, fora de casa, em novembro de 2023, pelo Campeonato Saudita - o atacante brasileiro Malcom marcou três gols nessa partida. Como mandante, o time aplicou um 7 a 0 sobre o Abha, em dezembro, com direito a hat-trick do meia sérvio Milinkovic-Savic.

Malcom comemora na goleada do Al-Hilal sobre o Al-Hazem — Foto: Reprodução/Twitter

8 gols sofridos

A superioridade frente aos adversários fez com que o Al-Hilal levasse gols em uma frequência bastante pequena, de um a cada três jogos e meio. Foram 20 partidas em que os goleiros (o marroquino Bono ou o saudita Al-Owais) terminaram com a ficha limpa.

Goleiro Bono em treino do Al-Hilal — Foto: Divulgação
Recorde com pouco Neymar

Maior contratação da história do futebol saudita, Neymar participou apenas das três primeiras vitórias. O craque brasileiro sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo, em outubro de 2023, quando defendia a seleção brasileira, e está em recuperação desde então. Ele não deve jogar mais nesta temporada.

Neymar em jogo do Al-Hilal — Foto: Majid Asgaripour/WANA (West Asia News Agency) via REUTERS
Neymar permaneceu quatro meses no Brasil. Em novembro, passou por cirurgia em Belo Horizonte, realizada pelo médido da Seleção, Rodrigo Lasmar, supervisionado por representantes do Al-Hilal. E vinha fazendo a recuperação no país. Ele retomou o tratamento no CT do clube saudita em fevereiro deste ano.

Comments


bottom of page