top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Atiradores matam criança de 4 anos e jovem de 21 em Minas Gerais




Uma criança de 4 anos e um jovem, de 21, morreram baleados na porta de uma residência em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, na tarde deste sábado (21/10). A polícia procura pelos criminosos.

Os assassinatos aconteceram na Rua Duque de Caxias, no Bairro São José Operário. Dois homens passaram em bicicletas e um deles disparou os tiros contra as vítimas. Os autores fugiram em seguida.

De acordo com a Polícia Militar, o menino de 4 anos pode ter sido morto por uma bala perdida e, apenas o rapaz de 21, identificado como Marcelo Duarte de Oliveira, seria o alvo dos assassinos.. Ele tinha passagens criminais por homicídio, tráfico de drogas e crimes contra o patrimônio.

No momento do ataque, Marcelo visitava familiares do garoto, que estava perto dele na calçada. Eles não eram parentes.
Socorro às vítimas
A criança foi socorrida por moradores da região e levada ao Hospital Regional Antônio Dias (HRAD), mas deu entrada na unidade de saúde já sem vida. A mãe do menino ficou em estado de choque e foi conduzida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para um Centro de Atenção Psicossocial (Caps).
Já o jovem atingido foi encaminhado para atendimento em estado grave e morreu pouco depois de chegar ao hospital.
Polícia procura pelos responsáveis
Em coletiva de imprensa na noite deste sábado, a Polícia Militar deu detalhes sobre as diligências do caso. O capitão Paulo afirmou que a PM já tem algumas informações em relação aos suspeitos mas que, por enquanto, elas seguem sob sigilo. Ao que tudo indica, um dos autores e o jovem morto tinham desavenças.
"Neste momento é importante para dar continuidade às diligências a gente manter em restrição essas informações, para garantirmos êxito na prisão dos autores", disse.

Ainda ontem, uma pessoa foi presa e duas armas de fogo aprendidas, mas não foi possível comprovar se as pistolas têm ligação com os homicídios.
"Essas armas serão periciadas juntamente com os projeteis encontrados na vítima, para verificar se elas têm relação com o crime", completou o policial.

Comentários


bottom of page