top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Boulos chama Nunes de “Rei do Camarote” e prefeito reage: “Melhor que ser rei do terrorismo”


Reprodução

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), e o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP) trocaram ataques na segunda-feira (6), na esteira do apagão que atinge a capital paulista desde a última sexta-feira (3).
Mais cedo, Boulos foi às redes sociais e chamou Nunes de “Rei do Camarote”, apontando que o prefeito esteve em uma luta do UFC e no Grande Prêmio de Fórmula 1 enquanto consumidores enfrentavam a falta de energia.
À CNN, Nunes afirmou há pouco que passou noites em claro no fim de semana trabalhando e associou Boulos ao Hamas, referindo-se ao conflito entre o grupo e Israel.
“Melhor (ser rei do camarote) do que ser rei do terrorismo. Se (Boulos) não tem o que fazer é melhor ele calar a boca e se informar melhor”, reagiu o prefeito, por meio de mensagem.
“Varei a madrugada trabalhando, fui direto sem dormir pra F1 receber o evento que é transmitido pra 190 países, e depois voltei pra rua pra arrumar a cidade”, prosseguiu.
“São Paulo não pode parar. Ainda bem que esse defensor do Hamas nunca será prefeito dessa cidade, porque, pelo visto, se dependesse dele, cancelava a F1, acabaria com milhares de emprego e faria a cidade passar vergonha. Agora dá licença que tenho muito trabalho pra arrumar a cidade”, concluiu.
Nesta segunda-feira, Boulos postou um vídeo nas redes sociais em que criticou duramente o apagão e considerou “inacreditável” que a cidade de São Paulo esteja atravessando tal situação.
Boulos falou da “responsabilidade do prefeito”, que, segundo ele, “não tem comando” e “não tem liderança”.
“Enquanto milhares de paulistanos ficaram sem luz no fim de semana, (Nunes) tava assistindo o UFC e a Fórmula 1. O prefeito Rei do Camarote”, disse Boulos.
Fonte: CNN

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page