top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Copasa vai à Câmara explicar falta de água em bairros, em Pouso Alegre MG

Interrupções frequentes no fornecimento de água estão preocupando a população


FOTO: Ilustração

As constantes interrupções no abastecimento de água em Pouso Alegre, agravadas com o aumento do consumo nesta época de calor intenso, resultaram numa convocação da Copasa, concessionária do serviço de água, pela Câmara Municipal, para explicar as causas do desabastecimento em bairros da cidade. A população está preocupada e prevê agravamento da situação no alto verão. Atendendo à proposta de convocação do vereador Dr. Edson (Cidadania), aprovada em plenário, a Copasa enviou representante – gerente Joab Borges da Silva - nesta terça-feira (21), para passar informações sobre a situação e soluções que a estatal pretende adotar.
FOTO: CPMA
Os vereadores questionaram a companhia sobre os investimentos de R$ 73 milhões anunciados para ampliar o sistema em Pouso Alegre e quais ações emergenciais para amenizar os problemas atuais de abastecimento.
Segundo a Copasa existem investimentos previstos e os problemas de falta de água foram pontuais, sendo alguns deles causados por falta de energia elétrica e tempestades que atingiram o município.
Frente à cobrança dos parlamentares de que a falta de água no município é recorrente e injustificável, se considerado o número repassado pela companhia, a Copasa afirmou que só falta água na cidade diante de problemas técnicos graves.
NÃO JUSTIFICA
As respostas da Copasa à Câmara de Vereadores não correspondem à realidade vivida em Pouso Alegre. Constantemente a companhia divulga em seu site – e são repercutidos na imprensa – avisos de interrupção no abastecimento de água em bairros. Em muitas dessas oportunidades cerca de 50 a 60 localidades, principalmente os bairros da região sudeste da cidade, permanecem de dois a três dias sem água.
Inclusive nesta terça-feira (21), enquanto o representante da Copasa era questionado na Câmara de Vereadores, a empresa divulgou um aviso de corte no abastecimento para cerca de 50 bairros até quinta-feira (23). Coincidentemente localizados na mesma região sudeste da cidade, onde as ocorrências de desabastecimento são mais frequentes.
Desta vez a companhia alegou que foi por falta de energia elétrica na ETA Aeroporto, fato confirmado pela Cemig e que o problema estaria resolvido na própria terça-feira.
O que a população já está percebendo é que as interrupções no fornecimento de água são cada vez mais frequentes e as jstificativas da Copasa são as mais diversificadas. Primeiro alegava o alto consumo em decorrência do forte calor, passando por furto de peças em estações de tratamento e agora falta de energia. Entretanto, os argumentos e ponderações da empresa não estão convencendo a população.
Conforme o presidente da Câmara, Leandro Morais (PSDB), os questionamentos dos vereadores e respostas da Copasa serão encaminhados ao Ministério Público com o objetivo de assegurar direitos do cidadão.

Fonte: Portal da Cidade Pouso Alegre


Comments


bottom of page