top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Corinthians consegue liminar no STJD e é autorizado a jogar com portões abertos contra Bragantino


ABNER DOURADO/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

O Corinthiansobteve uma liminar nesta quarta-feira, 21, e poderá jogar com o apoio de sua torcida, na Neo Química Arena, diante do Red Bull Bragantino, em partida marcada para 2 de julho e válida pela 13ª rodada do Brasileirão. O efeito suspensivo é válido até o julgamento de um recurso no Tribunal Pleno do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), previsto para acontecer em 15 dias. O clube, vale lembrar, foi punido com um jogo de portões fechados devido aos cânticos homofóbicos de torcedores no clássico diante do São Paulo, na metade do mês passado. O Timão foi enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata sobre “praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem étnica, raça, sexo, cor, idade, condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência”. Na ocasião, o árbitro Bruno Arleu chegou a interromper a partida e uma mensagem contra o preconceito foi exibida no telão do estádio, mas os gritos de “bicha” continuaram. Inicialmente, a equipe do Parque São Jorge poderia receber uma multa de R$ 100 mil e até perder pontos na tabela de classificação. Na 16ª posição, o conjunto liderado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo volta a campo hoje para enfrentar o Santos, na Vila Belmiro.


JovemPan

Participe do Grupo do Jornal Gazeta de Varginha no Whatsapp e receba as principais notícias do dia direto no seu celular. Clique aqui


Comments


bottom of page