top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

O número de condutores detidos por embriaguez aumentou em 50% em Poços de Caldas

Foto: Marcos Corrêa

As informações da PM abrangem o período de 1º de janeiro a 22 de abril de 2023 e 2024. Houve também um aumento no número de feridos e mortes em acidentes envolvendo motoristas embriagados. O número de motoristas detidos por embriaguez aumentou de janeiro a abril em Poços de Caldas.

Houve um aumento de 50% em comparação com o mesmo período do ano anterior. No sábado (20), um empresário foi detido após um acidente com uma motocicleta. Ele foi posteriormente liberado após receber alvará de soltura. Os dados são fornecidos pela Polícia Militar e cobrem o período de 1º de janeiro a 22 de abril.

Neste ano, 24 motoristas foram detidos por embriaguez. No ano anterior, 16 condutores foram presos pelo mesmo crime. O número de acidentes envolvendo pessoas embriagadas também aumentou na cidade. Desde o início do ano, quatro pessoas morreram e 184 ficaram feridas em acidentes com motoristas exibindo sintomas de embriaguez na cidade.

Em relação ao número de feridos, houve um aumento de 19,4%. Em termos de fatalidades, não houve mortes em acidentes envolvendo motoristas embriagados em 2023. No entanto, neste ano, já foram registrados quatro incidentes com vítimas fatais.

De acordo com os dados da Polícia Militar, para prevenir acidentes com motoristas embriagados, os militares têm aumentado o número de blitz. Este ano foram realizadas 54 operações, ou seja, 16 a mais do que em 2023. “A pessoa é convidada a fazer o teste do etilômetro, porém ela pode recusar. Mas mesmo com a recusa, ela pode ser enquadrada nesta infração. [...] Vai depender de cada caso, geralmente é andar cambaleante, desordem na fala", explicou o major da Polícia Militar, Gustavo Queiroz Barbosa Cavalcanti.

Fonte: G1

Comentarios


bottom of page