top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Obra-prima redescoberta: pintura nunca vista de Monet pode custar cerca de R$ 328 milhões em leilão


Reprodução

Uma pintura inédita de Claude Monet deverá arrecadar mais de US$ 65 milhões (cerca de R$ 328 milhões) quando for colocada à venda em Nova York, nos EUA, no início do próximo mês, de acordo com um comunicado divulgado pela casa de leilões Christie’s.
Intitulada “Le bassin aux nymphéas” ou “Lago de nenúfares”, a pintura de dois metros de largura faz parte da famosa série “Nenúfares” de Monet, retratando a luz salpicando a água, lançando reflexos de nenúfares e salgueiros.
O quadro foi pintado por volta de 1917 ou 1919, data do último período da vida de Monet, quando o artista produziu uma série de obras representando nenúfares (plantas aquáticas) que agora estão pendurados em museus de todo o mundo.
E depois de quase uma vida inteira estudando cor e luz, esta pintura “captura o dinamismo e a beleza da transitoriedade da natureza, explorando a atmosfera efêmera, as flores sazonais, as profundezas das águas e os reflexos cintilantes da luz”, disse a declaração da Christie’s.
Até agora, a pintura permaneceu na mesma coleção da família por mais de 50 anos, “impecavelmente preservada e escondida”, disse Max Carter, vice-presidente de arte dos séculos XX e XXI da Christie’s, em um comunicado .
“Com Monet, aparentemente tudo já foi visto ou dito”, acrescentou Carter. “Le bassin aux nymphéas, que nunca foi exibido ou oferecido em leilão, é, no entanto, a coisa mais rara: uma obra-prima redescoberta.”
A pintura será oferecida na venda noturna de obras do século 20 da Christie’s em 9 de novembro.
Como líder do movimento impressionista, Monet exerceu um impacto significativo no mundo da arte, influenciando seus contemporâneos, como Vincent van Gogh, bem como pintores expressionistas abstratos posteriores, como Jackson Pollock.
Suas pinturas são agora emblemáticas do próprio impressionismo, eliminando a ambivalência crítica inicial em relação a elas para se tornarem algumas das peças de arte mais reconhecidas em todo o mundo.
Pinturas significativas de Monet já renderam somas de dinheiro exorbitantes em leilões. Outra pintura da série “Nenúfares” foi vendida por US$ 84,7 milhões na Christie’s em maio de 2018, enquanto uma pintura da série “Palheiros” foi vendida por US$ 110,7 milhões (cerca de R$ 558 milhões) na Sotheby’s um ano depois.
Fonte: CNN

Comments


bottom of page