top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Prejuízo de quase 1 milhão: polícia faz operação contra quadrilha que aplicou golpes em empresários

Polícia Civil cumpre mandados nesta quarta-feira (29) em Uberlândia, Ituiutaba, Belo Horizonte, Goiânia, Caldas Novas e Rio de Janeiro.


Polícia Civil cumpre mandados em Uberlândia — Foto: Reprodução TV Integração

Uma quadrilha de estelionatários que fraudava compras na internet com dados falsos é investigada durante a operação "PickUp", que cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em três estados do Brasil nesta quarta-feira (29).

A ação é comandada pela Polícia Civil e há alvos em Uberlândia, Ituiutaba, Belo Horizonte, Goiânia (GO), Caldas Novas (GO) e no Rio de Janeiro. Ao todo, são 22 mandados de prisão e 23 de busca e apreensão. Segundo as investigações, a quadrilha criava contas falsas mesclando dados reais com informações falsas e comprava produtos na internet. Horas depois, os criminosos retiravam os produtos antes que as empresas percebessem as fraudes. Entre as compras monitoradas pelos investigadores estão pedidos de R$ 30 mil em compressores de ar-condicionado e R$ 65 mil em colchões. Até a liberação das mercadorias, os criminosos contratavam empresas de frete para enviarem os produtos, que depois eram revendidos.
Conforme a Polícia Civil, o grupo aplicou mais de 40 golpes em dezenas de empresários de oito estados, gerando um prejuízo de quase R$ 1 milhão.
As pessoas que tiveram os dados utilizados de forma irregular também foram prejudicadas, porque foram procuradas pelas autoridades por estarem ligadas às compras fraudulentas.
"A Polícia Civil iniciou as investigações há cerca de três anos, quando um empresário goiano que trabalha com acessórios de picapes foi vítima no valor de R$ 400 mil de diversos estelionatos. Os responsáveis por esses crimes ficam nas cidades de Uberlândia e Ituiutaba", disse o delegado da Polícia Civil de Goiás, William Bretz.

FONTE:G1


Comments


bottom of page