top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Minas melhora a infraestrutura de aeroportos e amplia voos regionais e internacionais; inclusive em Varginha




Minas Gerais já investiu mais de R$ 16 milhões de 2019 até agora na melhoria da infraestrutura de aeródromos e aeroportos no estado, com a realização de obras em pistas de pousos e decolagens, sinalização e cercamentos dessas estruturas, segundo dados da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra).

Os aportes têm facilitado o desenvolvimento de cidades e regiões, possibilitando a atração de investidores, além de permitir a ampliação dos voos de aeronaves de segurança pública, do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG) e de salvamento, da área de saúde.

A demanda crescente de passageiros no estado também possibilitou, de 2019 até agora, a atração de cinco novos voos regionais e outros quatro internacionais, fruto do trabalho do Governo de Minas, por meio da agência de fomento Invest Minas, vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), Seinfra e Secretaria da Fazenda (SEF), além de empresas privadas ligadas ao setor.

Entre as obras de requalificação da infraestrutura estão o aeroporto de Ipatinga, que fica em Santana do Paraíso. Em 2019, a primeira intervenção, de forma emergencial, foi contratada pelo Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER) e custeada pela Seinfra. Nela, foram feitos reparos na pista de pousos e decolagens e no estacionamento de aeronaves, além de pinturas de pista, com faixas, setas e símbolos.

Já em 2021, o aeroporto contou com outro importante investimento na recuperação definitiva da pista, por meio de recursos do Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac), no valor de R$ 12 milhões, e mais R$ 1,2 milhão de contrapartida do Estado. Neste momento, existem outros dois convênios em andamento, com obras nos aeroportos Major Brigadeiro Trompowsky (SBVG), em Varginha, e de Caratinga (SNCT), na cidade de Ubaporanga, totalizando investimentos de mais de R$ 2 milhões.

Em ambos os casos, os aportes são referentes à execução de melhorias de cercamento dos aeroportos. Os andamentos da execução das obras estão em 90% e 25%, respectivamente. Segundo o diretor de atração de investimentos da Invest Minas, Ronaldo Barquette, a Sede e a agência de fomento de Minas atuaram junto aos municípios e às empresas aéreas demonstrando, por um lado, que novos voos auxiliam no desenvolvimento econômico de toda uma região. E, por outro, que existe demanda crescente de passageiros no estado.

Comentarios


bottom of page