top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Musgo do Deserto Pode Sobreviver em Marte, Afirmam Cientistas

Um tipo de musgo do deserto, a planta Syntrichia caninervis, demonstrou habilidades que a tornam capaz de sobreviver em Marte, conforme estudo publicado no final de junho. Conhecida por sua alta resistência em climas desérticos, a planta também pode suportar temperaturas extremas e altos níveis de radiação, segundo cientistas chineses em um artigo científico.
Para testar suas capacidades, os cientistas armazenaram unidades do musgo em geladeiras superpotentes, com temperatura de -80 ºC, por períodos de 3 e 5 anos. Em outro experimento, as plantas ficaram em uma temperatura de -196 ºC por períodos de 15 e 30 dias. Segundo os dados da pesquisa, publicados na revista científica The Innovation, em todos os casos, as plantas conseguiram se regenerar após o descongelamento.
A S. caninervis enfrentou radiação gama em um outro experimento conduzido pelos cientistas. De acordo com um comunicado, as plantas suportaram níveis de radiação que matariam a maioria das plantas conhecidas.
Em uma etapa seguinte, as plantas foram submetidas a um ambiente que simula as condições de Marte, combinando vários fatores de estresse, como a ampla variação de temperatura (-60 ºC a 20 ºC) e baixa pressão atmosférica.
"Embora ainda haja um longo caminho para criar habitats autossuficientes em outros planetas, demonstramos o grande potencial da S. caninervis como uma planta pioneira para o crescimento em Marte," escrevem os pesquisadores no artigo. "Olhando para o futuro, esperamos que esse musgo promissor possa ser levado para Marte ou para a Lua para testar ainda mais a possibilidade de colonização e crescimento de plantas no espaço," concluem.

Fonte:CNN

コメント


bottom of page