top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Coluna Minas Gerais - 10/07/2024




Prefeita condenada por propaganda
Justiça Eleitoral confirma decisão que proibiu a veiculação da campanha publicitária com o slogan “Ela faz, Ela cuida” e condenou a pré-candidata Elisa Araújo (PSD) por prática de propaganda eleitoral antecipada. Como penalidade, o juiz Stefano Renato Raymundo determinou a aplicação de multa máxima, no valor de R$25 mil. Na sentença, o magistrado posicionou que a propaganda autorizada pela gestora municipal ultrapassou os limites institucionais e que existe nítida mensagem eleitoral na publicidade do município. (Jornal da Manhã – Uberaba)
 
Ouro Preto celebra 313 anos
Ouro Preto comemorou seus 313 anos de fundação com um festival musical vibrante, que contou com performances de diversos artistas brasileiros. A Orquestra Ouro Preto e João Bosco encantaram o público com o concerto "Gênesis", enquanto Sorriso Maroto atraiu uma multidão com seus sucessos de pagode. Barão Vermelho prestou tributo a Cazuza, e Ana Carolina emocionou ao homenagear Cássia Eller. O evento, parte do Festival de Inverno de Ouro Preto, continuará a oferecer atrações culturais até o final de julho, celebrando a rica herança musical da cidade histórica. (Jornal O Liberal – Ouro Preto)

Alunos da Uemg são destaque
No 8º Festival Ver e Fazer Filmes, realizado em Cataguases, estudantes do curso de Tecnologia em Cinema e Animação da Uemg se destacaram ao conquistar seis das oito premiações distribuídas, além de receberem uma menção honrosa. O festival dedicou uma sessão especial aos curtas-metragens produzidos com apoio do Edital Usina Criativa de Cinema, destacando a qualidade das produções locais. O filme "Número Errado", de Leonardo Marcini Chagas, foi o grande destaque da noite, premiado em quatro categorias. A iniciativa é fruto de parcerias locais e estaduais que incentivam a cultura e o desenvolvimento regional através do audiovisual. (Folha de Sabará)
 
What’s Up Skateboard em Araguari
Com a presença de aproximadamente 200 atletas inscritos, foi realizado em Araguari neste último final de semana, nos dias 5, 6 e 7 de julho, o 2º Campeonato What’s Up Skateboard. A competição contou com premiação de R$ 20.000,00, que foi dividida entre as cinco categorias: mirim, iniciante, feminino, amador e old school, sendo premiados atletas do primeiro ao quinto lugar. Ao logo dos dias do evento a organização distribuiu vários brindes ao público presente, que contou ainda com sessão de autógrafos com o time de profissionais do evento. (Gazeta do Triângulo – Araguari)
 
Itabirito faz Julifest 2024
Itabirito está prestes a receber a aguardada Julifest 2024, um evento que promete quatro dias repletos de música e diversão na Praça dos Inconfidentes. De 11 a 14 de julho, a cidade será palco para grandes nomes da música brasileira, proporcionando entretenimento e cultura para todos os gostos. Além das grandes estrelas, a Julifest dará destaque aos talentos locais, oferecendo uma plataforma para artistas da região se apresentarem e encantarem o público com suas performances. Os visitantes poderão saborear delícias da culinária típica, como o famoso pastel de angu, e participar de diversas atividades tradicionais, incluindo quadrilhas, o concurso de rainha e princesas da Julifest, e o concurso das barraquinhas. (Correio Centro Oeste – Arcos)

Concurso Queijo Minas Artesanal
A cidade de Tiradentes sedia a segunda edição do Concurso Regional do Queijo Minas Artesanal do Campo das Vertentes, organizado pela Emater-MG. Com a participação de dez produtores, o evento visa promover a qualidade e legalização dos queijos artesanais, contando com jurados especializados para avaliar critérios como apresentação, cor, textura, consistência e odor. Os cinco melhores queijos serão selecionados para competir no Concurso Estadual de Queijos Artesanais em agosto de 2024, destacando a importância do evento para valorizar os produtores da região. (Portal Balcão News – Belo Horizonte)
 
Mapeia Minas prevê desastres
Minas Gerais lançou o programa inovador Mapeia Minas, desenvolvido pela Secretaria de Desenvolvimento Social em parceria com a SoftwareOne e utilizando tecnologia de nuvem da AWS. O projeto pioneiro visa monitorar e prever eventos climáticos como enchentes e secas através da integração de dados georreferenciados e análises climáticas. Colaborações com entidades como o Ministério Público, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil fortalecem a capacidade de resposta a desastres naturais. (Jornal Panorama – Caxambu)
 

Comments


bottom of page