top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Coluna Minas Gerais - 27/12/2023




No Vale do Aço, 20 mil casos de dengue
Ao longo deste ano, a macrorregião do Vale do Aço, composta por 35 municípios, registrou mais de 20 mil casos confirmados de dengue. Os dados são do Painel de Monitoramento de Casos da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil lidera o número de casos de dengue no mundo, com 2,9 milhões registrados em 2023. Conforme o Painel de Monitoramento, em 2023, Ipatinga somou 11.092 casos confirmados de dengue e um óbito. Em Coronel Fabriciano foram 1.409 casos confirmados e nenhum óbito. Em Timóteo teve 4.625 casos confirmados e nenhum óbito. Em Santana do Paraíso foram 2.112 casos confirmados e um óbito. (Diário do Aço – Ipatinga)
 
Movimento da rodoviária de Uberaba cresce
A movimentação no terminal rodoviário de Uberaba foi a maior registrada desde o período anterior ao início da pandemia de Covid-19. De acordo com a administradora do terminal, Rosa Eli Cardoso, o movimento de embarques e desembarques superou os 40% em relação ao registrado no ano passado. Ela alertou que a movimentação no retorno da festa de réveillon também deve registrar crescimento. Para se ter uma ideia do crescimento dessa movimentação, no ano passado, mais de 20 mil pessoas passaram pelo terminal rodoviário. Agora, próximo de 30 mil pessoas movimentaram as chegadas e partidas na rodoviária local. (Jornal da Manhã – Uberaba)
 
Estado adota medidas de socorro à região
O Governo de Minas segue adotando medidas para mitigar os impactos da seca e estiagem no estado, principalmente nas regiões Norte, Vale do Mucuri e Jequitinhonha. Para apoiar as ações da atual gestão de amparo à população mineira mais necessitada, o governador Romeu Zema solicitou ao Governo Federal, em caráter de urgência, série de medidas necessárias para mitigar os impactos do clima em Minas, incluindo o pagamento ainda não realizado dos repasses da União aos produtores mineiros que sofreram perdas causadas pela seca. Como forma de apoiar as cidades afetadas pela seca, o Governo de Minas decretou situação de emergência em 62 municípios das regiões Norte, Vale do Mucuri e Jequitinhonha. (Novo Jornal de Notícias – Montes Claros)
 
Viaduto em Fabriciano na reta final
Em breve, a população contará com um novo viaduto no trevo de Coronel Fabriciano. As obras entram na reta final. O investimento estimado no início da obra é de R$ 5,3 milhões, sendo 50% em recursos do município. A previsão da Prefeitura de Fabriciano é entregar o novo viaduto no próximo mês de janeiro de 2024. Nesta fase, os trabalhos estão concentrados na conformação, tratamento e aplicação da primeira camada de asfalto das vias de acesso e laterais do viaduto e construção das passagens de pedestre. A última etapa será a conclusão da pavimentação dos acessos e vias das partes inferiores e superiores do viaduto, sinalização e paisagismo. Toda a parte estrutural já foi concluída. (Jornal dos Vales)
 
Divinópolis tem nova lei de ocupação
Após 7 anos de luta do setor da construção civil, Projeto de Lei que estabelece normas de uso e ocupação do solo em Divinópolis é aprovado pela Câmara Municipal. Para o presidente da Federação das Indústrias do Estado Minas Gerais Centro-Oeste e vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Centro-Oeste, Eduardo Soares, o projeto é de grande avanço para os divinopolitanos. Ele explica que “a cidade fica mais uma ordenada, fica mais organizada com o projeto. Então, assim, se você define todas as atividades profissionais do município dentro de uma mesma lei, que aquele ali vem trazer uma orientação geral para todos ligados no desenvolvimento na nossa cidade”, explica. (Portal Divinews – Divinópolis)
 
Zona da Mata ganha monitoramento
Reforçando o seu compromisso com a gestão de segurança de barragens, a Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) iniciou, no dia 20 de dezembro, a operação de seu Centro de Monitoramento Geotécnico (CMG) no município de Itamarati de Minas, Zona da Mata mineira. Um ambiente físico projetado, estruturado e dedicado exclusivamente aos seus sistemas de barragens, com alta tecnologia e equipe técnica especializada. O monitoramento, que sempre ocorreu de forma contínua, teve até então o gerenciamento  individualizado nas Unidades onde se encontram as barragens da CBA na Zona da Mata mineira: os municípios de Miraí e Itamarati de Minas. (Gazeta de Muriaé)
 
Prefeito de Paula Cândido mantido
O prefeito de Paula Cândido, Daniel Gomes Calixto, vai continuar no cargo por decisão da desembargadora Juliana Campos Horta, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, que deferiu uma medida liminar para suspender a decisão da Câmara Municipal que o afastou cautelarmente do cargo. A magistrada fundamentou sua decisão no argumento de que não há previsão legal para o afastamento cautelar do prefeito, destacando que apenas a autoridade judiciária teria tal prerrogativa. A controvérsia teve início com o Mandado de Segurança impetrado por Daniel Gomes Calixto contra o ato praticado pelo presidente da Câmara Municipal de Paula Cândido, Revelino Lana. (Folha da Mata – Viçosa)

コメント


bottom of page