top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Protesto de motoboys termina em vandalismo em Pouso Alegre, MG

Os motoboys se revoltaram após um funcionário da Copasa ter sido agredido pela moradora da residência.



Moradores do bairro Cidade Vergani, em Pouso Alegre, no Sul de Minas, foram surpreendidos na noite da última terça-feira (05/12) por um ato de vandalismo e barulho promovido por motoboys enfurecidos. Após uma confusão ocorrida mais cedo entre uma moradora e um funcionário da Copasa, os motociclistas se reuniram em frente à casa da mulher para protestar.
Segundo relatos, a discussão com o funcionário da empresa de saneamento teria resultado em agressões físicas por parte da moradora, que teria dado tapas no rosto do homem e derrubado a moto utilizada por ele. Em meio aos protestos dos motoboys, o portão da residência foi danificado e empurrado diversas vezes.
Vídeos feitos pelo próprio funcionário registram os momentos de tensão e agressão, além de mostrar que a moto utilizada pelo homem estava caída no chão, enquanto a mulher mexia nos produtos de um baú do veículo. O marido da moradora tentava apaziguar a situação, pedindo calma para ambas as partes.
A Copasa emitiu uma nota confirmando as agressões e garantindo que prestou toda a assistência ao funcionário agredido, além de registrar um Boletim de Ocorrência. No entanto, o proprietário da residência alega que o funcionário estava no local para aplicar uma multa devido a um corte de água realizado anteriormente.
As alegações do morador ainda não foram confirmadas pela Copasa, que afirmou que a situação está sendo investigada. Além disso, a veracidade das acusações de que o morador teria sido vítima de um 'mata-leão' por parte do funcionário da empresa também está sendo apurada pela polícia.


FONTE: TV MINAS


Comments


bottom of page