top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

China Enfrenta Recordes de Calor e Chuvas Torrenciais, Impactando Agricultura e Infraestrutura


A Administração Meteorológica da China (CMA) informou na quarta-feira (12) que 28 estações meteorológicas regionais quebraram seus respectivos recordes de temperatura mais alta já registrada em meados de junho. A cidade de Fenyang, na província de Shanxi, no norte, registrou a temperatura mais alta da história, com 40,2ºC.
A China experimentou a primavera mais quente já registrada este ano, com a temperatura média nacional entre março e maio atingindo 12,3ºC, a mais alta desde o início dos registros em 1961. O ano passado também foi o mais quente já registrado no país.
Simultaneamente, partes do sul da China, a principal região produtora de arroz, enfrentam semanas de chuvas torrenciais. Em abril, o Ministério da Agricultura alertou sobre o aumento das precipitações em até 100% em algumas áreas, recomendando medidas para minimizar os danos ao cultivo de mudas de arroz precoce.
Na quinta-feira (13), a CMA relatou fortes chuvas em Zhejiang, Fujian, Jiangxi, Hunan, Guangxi e Guizhou, regiões industriais e agrícolas importantes. Hunan e Jiangxi, grandes produtores de arroz, estão entre as áreas mais afetadas.
A Sede Estatal de Controle de Inundações e Alívio de Secas da China emitiu uma resposta de emergência, alertando para riscos elevados de inundações repentinas e perigos geológicos. As chuvas intensas estão associadas a padrões sazonais de monções.

foto: CNN

Comments


bottom of page