top of page
1e9c13_a8a182fe303c43e98ca5270110ea0ff0_mv2.gif

Estudo mostra que 70% das pessoas mudaram comportamento para se protegerem contra golpes


Tânia Rêgo/Agência Brasil

Uma pesquisa realizada pelo C6 Bank entre os dias 7 e 16 de fevereiro deste ano com 2 mil pessoas apontou que 7 em cada 10 entrevistados mudaram o comportamento para se proteger mais contra golpes na internet. A principal mudança é não clicar em qualquer link recebido por SMS, e-mail e Whatsapp. No que se refere à transações financeiras, entre os entrevistados que mudaram o comportamento, 40% passaram a configurar limites para transações bancárias, como Pix em horários noturnos. Segundo o head de cibersegurança do C6 Bank, José Luis Santana, a pesquisa sugere que o letramento digital está avançando no país, o que é crucial para proteção das informações pessoais e financeiras. “Estão mais atentas à senhas, procurando colocar senhas mais fortes, protegendo mais essas credenciais, não compartilhando com outras pessoas. Houve um aumento de pessoas que se preocupam em configurar o limite diário de transições no aplicativo”, disse Santana. Ainda de acordo com o head do C6 Bank, o primeiro passo para se blindar de golpes digitais é entender a importância de cuidar das senhas, já que elas são a primeira camada de proteção de informações pessoais e financeiras.


JovemPan

Comments


bottom of page